JOHANN KARL BRÖNNER

JOHANN KARL BRÖNNER




Johann Ludwig Karl Brönner - cartunista, filósofo, escritor, maçom iluminista, amante da arte e da literatura. Nasceu em 4 de junho de 1738, em Frankfurt, Alemanha. Filho de Heinrich Ludwig Brönner. Concluiu seus estudou na Alemanha, viajando em seguida para a Itália e França, onde aperfeiçoou seus seus conhecimentos. Ingressou na maçonaria por volta de 1759, na Loja Zur Einigkeit, sendo seu Venerável Mestre. Um maçom devotado que foi membro da Estrita Observância Templária e dos Iluminista da Bavária. Reformou o Rito Eclético em parceria com Barão Von Knigge a pedido de seu amigo, Barão von Ditfurth. Foi o autor da Carta Federal Eclética, circular impressa em 18 de março de 1783, que uniu todas as lojas alemãs ao circulo da Maçonaria Eclética ou Liga Eclética Alemã, mas tarde, Grande Lojas de Frankfurt. Ele foi eleito senador pela cidade imperial de Frankfurt, em 30 de setembro de 1793. Profissionalmente, dedicou-se toda sua vida a edições e publicações de livros e folhetos, além de outras obras de artes. Dedicou toda sua vida em defender e zelar pela cidade de Frankfurt e ao bem comum do povo alemão mais carentes. Maçom benevolente que lutou pelo bem comum da cidadania, da ordem e da pátria. Dou sua coleção artes e gravuras de mais de 2500 obras para a ampliação no Museu da Cidade de Frankfurt, por testamento em 25 de abril de 1810. Brönner faleceu vitima de derrame em 22 de março de 1812, Frankfurt, Alemanha.